fbpx
Revista Bang!
A tua revista de Fantasia, Ficção Científica e Horror, onde podes estar a par das novidades literárias, eventos e lançamentos dos teus autores de eleição.

2018, Um Ano Bang!

"Chegamos ao fim de 2018 e posso dizer com alguma segurança que nunca se viveram tempos tão bons para se ser fã de Ficção Especulativa em Portugal."

“Chegamos ao fim de 2018 e posso dizer com alguma segurança que nunca se viveram tempos tão bons para se ser fã de Ficção Especulativa em Portugal. E se assim é, bem se pode agradecer à Coleção Bang! da Saída de Emergência, das raras editoras nacionais a apostar de forma sustentada e crescente na chamada ficção de género, como é o caso da literatura fantástica, da ficção científica e do horror. Se conhecemos traduções nacionais de nomes sonantes como George R. R. Martin, Brandon Sanderson, Robin Hobb, Scott Lynch, Guy Gavriel Kay, Richard K. Morgan ou Andrzej Sapkowski, a ela as devemos.

O ano começou da melhor forma com o lançamento do terceiro volume da saga The Witcher. O Sangue dos Elfos é, na prática, o primeiro livro do arco de história protagonizado por Ciri, a leoazinha de Cintra. A saga começou finalmente a ganhar pulso um mês depois da vinda de Sapkowski à ComicCon Portugal e o quarto volume, O Tempo do Desprezo, foi lançado no verão. Na minha opinião, o melhor livro do autor polaco publicado por cá até ao momento.

Um Estranho Numa Terra Estranha ROBERT A. HEINLEIN
Um Estranho Numa Terra Estranha
ROBERT A. HEINLEIN
Os Despojados URSULA K. LE GUIN
Os Despojados
URSULA K. LE GUIN

Um dos destaques deste ano na área da ficção científica foi Um Estranho Numa Terra Estranha de Robert A. Heinlein, dividido em dois livros. Na senda da publicação de Os Despojados em 2017, este icónico volume de FC aborda a multiculturalidade e o entrosamento entre espécies de planetas distintos. Facto é que a Saída de Emergência primou por lançamentos literários de grande monta na área das distopias e da ficção científica.

 

 

 

 

O Poder NAOMI ALDERMAN
O Poder
NAOMI ALDERMAN

Fahrenheit 451 RAY BRADBURYE um deles foi O Poder de Naomi Alderman. Esta distopia futurista apresenta um mundo alternativo em que as mulheres alcançaram uma posição de destaque na sociedade graças a um poder inusitado que as capacita de dar choques elétricos. Uma outra distopia que foi assim só a melhor ficção do género que li em 2018 foi o clássico Fahrenheit 451 de Ray Bradbury. Um livro intenso e repleto de significados.

 

 

 

A trilogia Área X de Jeff VanderMeer chegou ao fim com o livro Aceitação. Nesta última entrega, o autor volta a mostrar porque é que a série se tornou na ficção de culto deste século no que diz respeito ao new weird. Mas nem só de lançamentos foi marcado o primeiro semestre de 2018. Sonho Febril de George R. R. Martin e Carbono Alterado de Richard Morgan conheceram novas edições, e os dois volumes de O Terror de Dan Simmons conheceram novas capas com o advento da série da HBO. Livros que li este ano e deixaram a sua marca.

De Robin Hobb, no ano em que a autora esteve presente no Festival Bang!, foram publicados o segundo, terceiro e quarto volumes da Saga O Assassino e o Bobo, que entregou novas revelações para o fandom que já tinha ficado de queixo caído com o livro inaugural. E se O Assassino do Bobo foi a minha melhor leitura de 2017, estes três não me deixaram nada defraudado.

O Caminho das Mãos de Steven Erikson foi outro dos grandes lançamentos do ano. Na pegada de Os Portões da Casa dos Mortos, a Saga do Império Malazano continua a ferro e fogo e os acontecimentos deste livro são absolutamente incríveis. Desolação, desespero, um desgaste emocional profundo num livro brilhantemente escrito pelas mãos daquele que é já o meu autor de referência. Memórias do Gelo, o quarto volume, veio consolidar esta ideia. Dizer que a saga é extraordinária parece-me curto para a qualidade que o autor canadiano apresenta.

Conhecemos ainda fantasias mais juvenis bastante premiadas lá fora. Uma delas foi Quem Teme a Morte de Nnedi Okorafor, um livro lindíssimo e envolvente, uma outra Coração Negro de Naomi Novik, história mais tradicional mas muito bem escrita. A Saída de Emergência brindou-nos ainda com o final da trilogia Império das Tormentas de Jon Skovron, uma conclusão competente para um autor ainda pouco conhecido mas cheio de potencial.

Os Contos Mais Arrepiantes de Howard Phillips Lovecraft HOWARD PHILLIPS LOVECRAFT
Os Contos Mais Arrepiantes de Howard Phillips

Na área das colectâneas e antologias, destaco o grande trabalho da editora na elaboração de Os Contos Mais Arrepiantes de Howard Phillips Lovecraft, em capa dura e com ilustrações de 22 artistas nacionais, e Nada Enfurece Mais Uma Mulher e Outros Contos de Mulheres Perigosas, que vem concluir o extraordinário trabalho de George R. R. Martin e Gardner Dozois, no ano em que o colaborador de Martin nos deixou. Espero, porém, ver mais antologias deste género publicadas por aqui.

Monstress - O Sangue MARJORIE LIU, SANA TAKEDA
Monstress – O Sangue
MARJORIE LIU, SANA TAKEDA

No âmbito das bandas-desenhadas, a editora continuou a apostar em Monstress, e a aposta está mais do que ganha. Marjorie Liu e Sana Takeda arrebataram os Eisner este ano, e basta ler este segundo volume, O Sangue, para perceber o porquê. Mas a editora não se ficou por Monstress. Sombras é o primeiro volume da adaptação gráfica de Deuses Americanos e na minha opinião pessoal a BD consegue ser melhor que o material canónico. Já O Cavaleiro Misterioso, lançado no verão, é a terceira novela gráfica das histórias de Dunk e Egg de George R. R. Martin.

 

 

 

Por falar no mundo de A Guerra dos Tronos, a Saída de Emergência trouxe ainda a primeira parte do livro Sangue e Fogo, sobre a História dos Reis Targaryen, num lançamento simultâneo a nível mundial. Fica evidente a paixão da editora pelo trabalho de George R. R. Martin e os fãs, entre os quais me incluo, só podem agradecer. Fica a expectativa de que 2019 seja um ano tão extraordinário a nível de lançamentos, como este foi.  ”

Sangue e Fogo - Volume 1 - Parte 1 GEORGE R. R. MARTIN
Sangue e Fogo – Volume 1 – Parte 1
GEORGE R. R. MARTIN
%d bloggers like this: